Files

Action Filename Size Access Description License
Show more files...

Abstract

Objetivou-se, neste trabalho, analisar a viabilidade econômico-financeira de um projeto agroindustrial, por meio da Teoria de Opções Reais (TOR). A razão para a utilização da TOR vem de duas características importantes: a) a irreversibilidade e b) a possibilidade de abandono da decisão de investir. Essas características, juntamente com a incerteza sobre o futuro, fazem com que a oportunidade de investimento seja análoga a uma opção financeira. Por exemplo, uma empresa com uma oportunidade de investimento irreversível assume uma opção, ou seja, tem o direito - mas não a obrigação - de comprar um ativo (o projeto) no futuro, a um preço de exercício (o investimento). Com o intuito de aplicar esses conceitos, foi realizado um estudo de caso, que consiste em um projeto agroindustrial de processamento de frutas, no qual se pretende produzir sucos, polpas, geléias, doces e frutas desidratadas. A avaliação pretende demonstrar o valor das flexibilidades operacionais que esse projeto apresenta, como abandonar a sua implementação. Para isso, adotou-se a metodologia proposta por Copeland e Antikarov (2001), a que adiciona à avaliação tradicional de Fluxo de Caixa Descontado as Opções Reais que o projeto possui. O resultado obtido, para o valor presente líquido expandido do projeto, considerando as opções reais, concluiu que a opção de abandono não tem valor significativo, em um caso de investimentos praticamente irrecuperáveis.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History