Files

Abstract

O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia que permita medir os efeitos de barreiras não-tarifárias sobre o desempenho exportador de um setor específico. Para testar a metodologia, foi analisada a ocorrência de eventos/barreiras sanitárias sobre nas exportações brasileiras de carne bovina (cortes especiais), destinadas à União Européia. A metodologia compreende a estimação de um modelo econométrico para vendas externas associado a um modelo de intervenção. O período analisado compreendeu janeiro de 1992 a dezembro de 2000. A maior parte das variações no volume e no preço de exportação foi explicada pelas variáveis selecionadas (taxa de câmbio, preço do boi gordo, renda do Brasil, preço dos concorrentes, entre outras). Os resultados apontam efeito significativo da intervenção, referente ao mês de março de 1995, sobre os preços de exportação dessa carne, o qual pode estar relacionado com a proibição das importações européias originadas de São Paulo e Minas Gerais, naquele período. De modo geral, as intervenções nos eventos sanitários não foram significativas, e alguns resultados não foram conclusivos.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History