Files

Abstract

Uma das principais características da produção de flores e plantas ornamentais é que esta constitui atividade típica de pequenos produtores. Embora a floricultura brasileira venha se expandindo em áreas menos tradicionais como o Nordeste do país, a maior parte da produção ainda se concentra nas regiões Sul e Sudeste, e os dados sobre a distribuição de flores no Brasil indicam o estado de São Paulo como principal centro da produção nacional. O estado do Rio de Janeiro tem-se destacado, nesse contexto, como região potencial de expansão da produção e comercialização de flores e plantas ornamentais, com destaque para as variedades tropicais, de crescente aceitação internacional.Este trabalho analisa o segmento de distribuição de flores e plantas ornamentais no Rio de Janeiro, tendo por referência conceitual o enfoque sistêmico de produto (Commodity Systems Approach). Para consecução da pesquisa, foram realizados amplos levantamentos secundário e primário junto aos principais agentes que atuam no segmento de distribuição de flores no Rio de Janeiro. Os resultados obtidos indicam que os principais entraves ao desempenho do setor estão relacionados com as relações de mercado vigentes e com os aspectos gerenciais.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History