Files

Abstract

Este estudo analise a questão de aglomeração econômica causada por barragens hidrelétricas no Brasil usando métodos para medir efeitos de tratamento. Espera-se que barragens hidrelétricas construidas antes de 1950 causaram aglomeração, pois empresas e indivíduos foram atraidas para as regiões por causa de baixo custo de energia elétrica. Devido a melhoramentos na produção térmica e transmissão de energia elétrica depois do 1950, espera-se que o efeito de aglomeração é menos forte em torno de barragens construidas depois de 1950. Uma estimativa do impacto sem controle sugere que as taxas do crescimento da população dos municípios com barragens hidrelétricas construidas antes de 1950 foram aproximadamente 1.7 pontos percentuais mais altos do que as demais no período de 1910 a 2010. Uma estimativa do impacto considerando a seleção amostral também sugere 1.7 pontos percentuais, enquanto uma estimativa feito com pareamento através de um \textit{propensity score} sugere um impacto mais moderado de 0.5 pontos percentuais. A análise mostra que houve um efeito de aglomeração nesses casos, e ainda mais que essa aglomeração se tornou auto-sustentável, pois não desapareceu no segundo metado do século quando a tecnologia eliminou a vantagem original.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History