Files

Action Filename Size Access Description License
Show more files...

Abstract

Até o início dos anos 90, a agroindústria canavieira foi um dos setores em que a intervenção estatal foi mais intensa. Recursos de crédito oficial cobriam mais de 80% dos investimentos fixos em destilarias e na produção de cana-de-açúcar. Com o esgotamento da capacidade de financiamento do Estado e a desregulamentação ocorrida no setor, houve a necessidade das empresas buscarem fontes alternativas de financiamento. Este artigo, através de estudo de multicaso, apresenta uma análise das condutas financeiras das empreses do Complexo Canavieiro da região de Ribeirão Preto – SP. Para verificar semelhanças e diferenças entre condutas financeiras adotadas pelas empresas dessa região, foram realizadas entrevistas estruturadas com representantes das usinas e destilarias. Constatou-se que existe pouca diferença nas gestões das usinas da região de Ribeirão Preto, independentemente do porte das empresas. Observa-se a necessidade de mudança cultural dos profissionais que atuam no seguimento para que as operações de mercado futuro e opções sejam mais utilizadas, sendo que, atualmente, as empresas pertencentes ao setor sucroalcooleiro limitam-se a utilizar operações de Trade Finance tradicionais no gerenciamento financeiro.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History