Files

Action Filename Size Access Description License
Show more files...

Abstract

Os preços do setor soja, bem como dos demais setores agropecuários, são sensíveis aos fatores que promovem choques de oferta e de demanda, sobretudo os de ordem tecnológica, climática, de políticas macroeconômicas e comerciais. Assim, os preços recebidos pelos produtores brasileiros de soja dependem de vários fatores internos e externos. Dessa maneira, o objetivo geral desta pesquisa foi analisar as principais variáveis que afetam os preços pagos pela soja produzida nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso. Em termos teóricos, adotou-se um modelo onde o preço interno da soja é função das variáveis preço externo, taxa de câmbio e despesas líquidas com exportação, bem como do efeito sazonal. Após aplicação de testes de estacionaridade e de co-integração, optou-se pela utilização do Mecanismo de Correção de Erros (MCE) na estimação dos modelos. Dentre os principais resultados observou-se que os preços internos recebidos pelos produtores de soja em grão sofrem influências significativas de todas as variáveis explicativas contidas nos modelos, destacando-se como principais as variáveis taxa de câmbio e preço externo. Portanto, flutuações inesperadas nos preços internacionais de soja, bem como, flutuações da taxa de câmbio podem afetar significativamente a rentabilidade dos agricultores brasileiros.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History