Files

Abstract

Tendo em vista as particularidades que permeiam a trajetória histórico-social do povoado rural de Conceição de Ibitipoca e seu entorno, o artigo discute as mudanças socioculturais decorrentes da implementação do turismo na região, a partir da análise de dois aspectos de organização social da comunidade: a reestruturação da esfera produtiva e a chegada de novos atores sociais. Para tanto, lança-se mão da história oral de agentes locais envolvidos no processo, relacionando tais relatos à pesquisa documental. Os resultados revelam que a diferenciação ocorrida na estrutura ocupacional da comunidade, aliada à intensificação dos conflitos entre os antigos moradores “nativos” e os recém-chegados “forasteiros”, alteram significativamente aspectos da dinâmica social local, reconfigurando assim as estratégias de reprodução social das famílias no espaço rural.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History