Files

Abstract

A agricultura, desde o início de sua prática até agora, tem passado por profundas modificações, no entanto, elas não vieram acompanhadas pela implementação de programas de qualificação da força de trabalho, sobretudo nos países em desenvolvimento. O objetivo deste trabalho foi levantar dados referentes ao grau de conhecimento do trabalhador rural sobre defensivos agrícolas na região do Alto Tietê paulista antes e após treinamentos direcionados para “Uso correto e Seguro de Produtos Fitossanitários” e “Saúde e Segurança do Trabalhador”. Este trabalho foi realizado de março de 2005 a março de 2006, junto aos trabalhadores rurais (proprietários e aplicadores de defensivos agrícolas) da região do Alto Tietê paulista, através da participação de diversas instituições, governamentais e privadas, ligadas ao setor. Foram visitadas 205 propriedades rurais com objetivo único de obter dos proprietários e/ou aplicadores informações à respeito do uso de defensivos agrícolas, através da aplicação de questionários fechados (pré e pós-testes), cujos dados foram organizados, tabulados, posteriormente, transformados em freqüências relativas (%) e dispostos em gráficos comparativos. O grau de conhecimento dos aplicadores rurais com relação ao uso de defensivos agrícolas na região do Alto Tietê não era tão pequeno quanto poderia se achar, no entanto, este nível aumentou depois da realização dos treinamentos quanto a uso correto e seguro dos defensivos agrícolas e saúde e segurança do trabalhador.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History