Files

Abstract

No presente artigo estudam-se as principais características da cadeia apícola de Santa Catarina, Estado que ocupa o segundo lugar na produção nacional de mel. Observou-se que esta cadeia possui características naturais favoráveis à produção apícola, e que houve avanços significativos dos agentes em busca de maior qualidade dos produtos e incremento da produtividade, com destaque para o aumento de cursos e treinamentos para os apicultores, visando o manejo mais adequado; esforços para o aumento da interação entre os diferentes segmentos que compõe a cadeia; e utilização de equipamentos, máquinas e embalagens mais apropriados. No entanto, ainda existem vários gargalos, como o manejo inadequado na produção, grande dependência do mercado externo, demanda interna insuficiente, financiamento inadequado, carência de pesquisas sobre flora apícola e genética das abelhas visando o aumento da produtividade, entre outros. No âmbito das transações, destaca-se a governança via mercado na cadeia, e um esforço para o aumento da interação e cooperação na produção de mel orgânico.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History