Files

Action Filename Size Access Description License
Show more files...

Abstract

Com o aparecimento da febre aftosa no estado do Mato Grosso do Sul e, posteriormente, no Paraná, em 2005, 52 países estabeleceram embargos à importação de carne bovina brasileira. O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto dessas medidas, considerando o setor Abate de Animais e seus reflexos na economia brasileira. Para tanto, utilizou-se um modelo de Equilíbrio Geral Computável e como base de dados fez-se uso da Matriz de Insumo Produto de 1996 calculada pelo IBGE. Os resultados da simulação sugerem que os embargos impostos à carne bovina brasileira teriam pequeno impacto na economia brasileira em termos agregados. Ou seja, a simulação de uma queda de 5% nas exportações do setor Abate de Animais, não chega a causar impactos negativos na balança comercial, no emprego e no produto. Quando se considera os resultados em termos setoriais, no entanto, tanto a produção, como o emprego no setor Abate de Animais apresentam retração. Os resultados também indicam que os efeitos negativos dos embargos não ficariam restritos à indústria de carnes, mas se estenderiam para um outro setor da economia brasileira: a Agropecuária, uma vez que a demanda pelo produto desse setor é afetada

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History