Files

Abstract

O risco de liquidez nas instituições financeiras está associado ao desequilíbrio entre os ativos negociáveis e passivos exigíveis. Outros fatores também afetam a liquidez das cooperativas de crédito, como a maior utilização da cooperativa para empréstimos do que para depósitos e a incapacidade em promover a diversificação geográfica e de produtos. Nesse sentido, esse estudo objetivou verificar, a partir de indicadores financeiros, se as cooperativas de economia e crédito mútuo de Minas Gerais estão em risco de liquidez e quais os determinantes desse risco. Foi utilizado o modelo de regressão logit multinomial, sendo as cooperativas classificadas em muito baixo, baixo, médio, alto e muito alto risco de liquidez. Os resultados analisados indicaram que valores menores dos indicadores utilização de capital de terceiros e provisionamento e valores maiores dos indicadores depósito total/operações de crédito e logaritmo do total de ativos tornam essas instituições mais líquidas. ----------------------------------------------------- The liquidity risk in financial institutions is associated with an imbalance between the trading assets and liabilities. Other factors also affect the liquidity of credit unions, such as greater use of the cooperative for loans than for deposits and failure to promote the product and geographic diversification. in that sense, this study aimed to verify, from financial indicators, if the cooperatives savings and credit mutual Minas Gerais are liquidity risk and what determinants of risk. We used multinomial logit regression model, and the cooperatives classified as very low, low, medium, high and very high liquidity risk. These results indicate that lower values ​​of the indicators use of capital and third-party provisioning and higher values ​​of the indicators total deposit / operations credit and logarithm of total assets these institutions become more liquid.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History