Files

Abstract

O carvão vegetal é uma importante fonte de energia para a produção de ferro-gusa no Estado do Pará. O aumento da produção da siderurgia no Estado vem exigindo um maior consumo deste insumo provocando um déficit ambiental, haja vista não está havendo o retorno necessário e exigido dos recursos florestais utilizados na produção desse produto. Em virtude de suas características produtivas, surge como uma alternativa de incorporação de trabalho com baixa qualificação, aspecto típico de localidades amazônicas. Entretanto, para que seja uma alternativa eficaz é importante que haja uma racionalidade ao longo da cadeia produtiva a partir da utilização de tecnologias que reduzam os impactos negativos sobre o meio ambiente. Com o intuito de verificar quais municípios são mais especializados na atividade utilizou-se da metodologia do ICN a partir do valor bruto da produção de carvão, em virtude do elevado grau de informalidade da força de trabalho ligado à essa atividade. Os resultados refletem o cenário atual das regiões envolvidas na produção de carvão ao mesmo tempo em que permitiram identificar a postura adotada pelo setor público no que tange a busca da sustentabilidade da atividade.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History