Files

Action Filename Size Access Description License
Show more files...

Abstract

Esse trabalho objetiva investigar a contribuição das empresas transnacionais no processo de inovação tecnológica do Complexo Agroindustrial brasileiro. Para isso, construiu-se um índice de internalização relativa da atividade tecnológica (IRAT), a partir de informações de depósitos de patentes (invenção e modelo de utilidade) e registros de desenhos (desenhos e modelos industriais) no INPI. Foram analisados depósitos de 229 empresas, sendo 116 estrangeiras e 113 nacionais, agrupadas por setores específicos e segmentos do CAI. Observou-se elevada concentração de patentes nas empresas estrangeiras e baixa internalização tecnológica no Complexo, para as patentes de invenção (0,061), e maior internalização nos modelos de utilidade e registros (0,71). Considerando-se que os modelos de utilidade e registros têm teor tecnológico mais baixo, concluiu-se que é pouco significativa a contribuição das empresas transnacionais para a inovação tecnológica no CAI. Verificou-se maior internalização na agricultura do que no segmento a sua montante, que é mais sofisticado e intensivo no uso de tecnologias. Observou-se, também, que os setores de maior concentração de empresas estrangeiras apresentaram menores índices de internalização, e os de pequena participação, maiores índices de internalização tecnológica. Assim, conclui-se que a presença de empresas estrangeiras nos setores e segmentos do CAI está inversamente relacionada ao índice de internalização da atividade tecnológica.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History