Files

Abstract

governança corporativa é um dos assuntos mais debatidos nos últimos anos, especialmente pela sua importância na redução do conflito de agência. Embora o foco de grande parte desses estudos sejam as grandes corporações, esse fenômeno também pode ser observado em organizações cooperativas, que possuem um modelo de gestão estabelecido em fundamentos ideológicos e doutrinários e uma legislação específica. Neste ensaio teórico, objetivou-se discutir os potenciais conflitos de agência provocados pela estrutura organizacional das cooperativas, assim como os principais pontos críticos desses arranjos organizacionais que favorecem a emergência de conflitos. Também foi discutida a importância das boas práticas de governança corporativa para prevenir esses tipos de conflitos. Considerando os principais atores internos de uma organização cooperativa, os principais focos capazes de gerar conflitos de agência ocorrem entre os cooperados e o conselho administrativo e, menos intensamente, entre os cooperados e o conselho fiscal, e entre os cooperados e os gerentes. A adoção de boas práticas de governança corporativa pelas organizações cooperativas pode ajudar a reduzir ou a prevenir esses conflitos, principalmente entre o conselho administrativo e os cooperados.

Details

Downloads Statistics

from
to
Download Full History