Relações receita-custos na suinocultura do Rio Grande do Sul: 1970 a 1978

O estudo tem como objetivo analisar a evolução da rentabilidade da produção de suínos no Rio Grande do Sul, de 1970 a 1978. Para a determinação da rentabilidade partiu-se da estrutura dos custos da produção, das relações de insumos alimentares com ganho de peso vivo e dos preços do produto e dos principais insumos. Estas relações permitem determinar margens percentuais de receita após a dedução dos custos com alimentação. Admitindo-se, com base em estudos de formação dos custos, que a alimentação representa, aproximadamente, 70% dos custos totais, as margens computadas indicam a parcela da receita disponível para remunerar os custos não elementares que incluem o capital, a manutenção do rebanho de reprodução e a mão-de-obra. Os resultados mostraram uma variabilidade grande na rentabilidade, determinada, principalmente, pela combinação dos preços do milho e dos concentrados com o preço recebido pelo produto.


Subject(s):
Issue Date:
Jun 30 1981
Publication Type:
Journal Article
Record Identifier:
http://ageconsearch.umn.edu/record/267580
ISSN:
0103-2003
Language:
Portuguese
Published in:
Brazilian Journal of Rural Economy and Sociology (Revista de Economia e Sociologia Rural-RESR), 19, 2
Page range:
259-285




 Record created 2018-02-01, last modified 2018-11-28

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)