Importância dos mercados externo e interno para o desenvolvimento da agricultura no Rio Grande do Sul

Este estudo tem como objetivo principal evidenciar a importância de mercados, localizados a nível nacional ou internacional, como condição necessária para a consolidação do desenvolvimento da agricultura gaúcha. Procura demonstrar que este desenvolvimento se deu pela instalação e consolidação de segmentos produtivos diferenciados, em termos de localização espacial, e temporal e de mercado. Foi mantida uma perspectiva histórico-estrutural do desenvolvimento econômico agrícola estadual, cujo objetivo principal foi o de caracterizar sua condição de suficiência para aproveitar os investimentos de mercado. Os resultados do estudo indicam que as transformações estruturais demonstram uma tendência à monocultura. Considerando as características naturais como extremamente importantes nesta esfera da produção social, e o caráter desarticulador destas características representado pela prática da monocultura, vislumbram-se perspectivas nada alentadoras para o desenvolvimento futuro da economia agrícola gaúcha. Este aspecto torna-se mais importante se considerarmos a maior importância do mercado externo em relação ao interno, revelado pelos resultados empíricos da década de 70. O desempenho da economia estadual tenderá a depender de apenas uma cultura, cujos preços passarão a depender, significativamente, da conjuntura internacional.


Subject(s):
Issue Date:
1981-03-31-1981-03-31-1981-03-31
Publication Type:
Journal Article
ISSN:
0103-2003
Language:
Portuguese
Published in:
Brazilian Journal of Rural Economy and Sociology (Revista de Economia e Sociologia Rural-RESR), Volume 19, Number 1
Page range:
51-68




 Record created 2018-01-31, last modified 2018-02-01

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)