O preço da terra e a questão agrária: algumas evidências empíricas relevantes

O presente estudo analisa algumas razões pelas quais se deve enfocar, atualmente, a questão agrária brasileira a partir de situações concretas diferentes daquelas de algumas décadas atrás, com ênfase principal no preço da terra e na formação de novos grupos com interesses na manutenção da atual estrutura agrária. Uma verificação fundamental foi a forte tendência crescente dos preços de venda no período 1966-78, principalmente em 1972-75, determinando-se o aumento da participação de elementos não ligados à produção na formação do preço da terra, elementos esses gerados pelos modelos de desenvolvimento econômico vigente no período analisado. Duas principais conclusões do trabalho foram que o monopólio da terra no Brasil foi reassegurado, diminuindo as possibilidades dos produtores diretos terem acesso a ela, e que houve a formação de novos grupos ligados ao capital industrial o agrário, interessados na manutenção da atual estrutura agrária.


Subject(s):
Issue Date:
1981-03-31-1981-03-31-1981-03-31
Publication Type:
Journal Article
ISSN:
0103-2003
Language:
Portuguese
Published in:
Brazilian Journal of Rural Economy and Sociology (Revista de Economia e Sociologia Rural-RESR), Volume 19, Number 1
Page range:
5-15




 Record created 2018-01-31, last modified 2018-02-01

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)