"Food Stamps" como instrumento para uma política brasileira de abastecimento

Este trabalho faz uma análise da utilização de "food stamps" como instrumento de política de abastecimento em situações que constituem, essencialmente, em assegurar aos consumidores e aos produtores preços, respectivamente, abaixo e acima dos de equilíbrio. E mostra que as políticas de controle de preços e de subsídio indireto aos consumidores, aplicadas em tais casos, são ineficazes relativamente à alternativa de liberar os preços e subsidiar diretamente os consumidores através de "food stamps". Através da quantificação dos benefícios que poderiam ter sido auferidos pelos consumidores, caso tivesse sido adotada esta política para os produtos leite, carne, trigo e açúcar, o trabalho chega à conclusão de que não seria justificável a adoção de um programa de "food stamps" somente em função desses produtos e nas situações apreciadas. Contudo, são suficientemente importantes para serem considerados em qualquer esforço de implantação de um programa desta natureza.


Subject(s):
Issue Date:
Dec 31 1979
Publication Type:
Journal Article
ISSN:
0103-2003
Language:
Portuguese
Published in:
Brazilian Journal of Rural Economy and Sociology (Revista de Economia e Sociologia Rural-RESR), Volume 17, Number 4
Page range:
23-35




 Record created 2017-11-09, last modified 2017-11-09

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)