ANÁLISE DOS DETERMINANTES DA SUCESSÃO EM ASSENTAMENTO RURAL NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

O futuro das atividades nas unidades de produção agrícola passa pela sucessão, porém a falta de estrutura, as dificuldades de acesso às políticas voltadas à agricultura familiar, as dificuldades financeiras e a baixa escolaridade dos agricultores são fatores que contribuem para a saída dos jovens do meio rural em busca de trabalho na cidade, o que dificulta a sucessão. Este trabalho teve por objetivo analisar a sucessão no Assentamento Capão Bonito I, em Sidrolândia (MS). Utilizou-se o modelo econométrico de escolha qualitativa, Multinomial Logit (MNL), entrevistando 45 assentados no período de agosto a setembro de 2012. As variáveis transmissão do patrimônio, tempo no meio rural do assentado, se o assentado possui financiamento, se algum filho tem posse de lote e a renda do assentado são as principais determinantes da sucessão no assentamento pesquisado. Foram confirmadas as hipóteses de que quanto menor a renda agrícola, mais se agrava o processo de sucessão, e de que quanto maior o tempo no meio rural, maior será a escolha pela sucessão, no entanto, rejeitou-se a hipótese de que quanto maior o nível educacional, menor a escolha pela sucessão. Como principais limitações estão o receio dos assentados em colaborar com a pesquisa e também as dificuldades estruturais do assentamento. ----- Future activities on farms pass through succession. However, the lack of structure, access difficulties to policies related to family farming, financing difficulties, and poor growers schooling, are factors which contribute to the departure of young people from the countryside to the city, looking for work opportunities and making the succession difficult. The purpose of this study was to analyse the succession at the Capão Bonito I settlement in Sidrolândia, State of Mato Grosso do Sul, Brazil. We used the econometric model of qualitative choice called Multinomial Logit to interview 45 settled people from the month of August to September 2012. The following settlement parameters were estimated: patrimony transfer, duration of the settlement process, financing, land strip possession, and the settled income. The hypotheses of that the succession process becomes worse as low is the farming yield, and of that the choose of succession is greater as longer is the staying time in the countryside, were confirmed. However, the hypothesis of that the succession choosing is lesser as greater is the schooling level was rejected. Therefore, the main limitations are the settled fear in collaborating in the research, as well as structural concerns of the settlement process.


Other Titles:
Analysis of Determining Factors of the Succession in Rural Settlement in the State of Mato Grosso do Sul
Issue Date:
Mar 01 2015
Publication Type:
Journal Article
ISSN:
1517-3879
Language:
Portuguese
Published in:
Organizações Rurais e Agroindustriais/Rural and Agro-Industrial Organizations, Volume 17, Number 1
Page range:
119-136




 Record created 2017-08-31, last modified 2017-08-31

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)