O PROBLEMA DA NÃO DEFINIÇÃO DA UNIDADE ECONÔMICA BÁSICA NA AGRICULTURA

O presente trabalho tem como objetivo identificar e comparar as estimativas geradas pelo uso das diferentes unidades básicas nos levantamentos rurais, como é caso do conceito de “Estabelecimento Agrícola” utilizado pelo IBGE, de “Imóvel Rural” utilizado pelo INCRA, de “Propriedade Agrícola” pelo Código Florestal e pelo Estatuto da Terra, de “Unidade de Produção” por algumas instituições de pesquisa, entre outros. A confusão existente entre estes termos é constantemente percebida por quem necessita de informações precisas da realidade rural para elaborar suas estratégias de ação. Assim, amparado na simulação da aplicação desses diferentes conceitos à realidades de municípios da região Central do RS, o estudo aponta para a necessidade, no seio da própria agricultura, da utilização de ferramentas adequadas às novas exigências e a noção de Unidade Produção Agrícola deveria ser examinada neste contexto. Afinal, no momento em que as políticas buscam objetivos que ultrapassam as estritas funções produtivas, deveria ser possível precisar quais populações estão envolvidas e que tipo de dados são mais adequados.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/149560
Total Pages:
12




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-10-12

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)