000149198 001__ 149198
000149198 005__ 20180122225201.0
000149198 037__ $$a1347-2016-106244
000149198 041__ $$aen_US
000149198 245__ $$aLegislação de recursos hídricos e o tratamento de dejetos na suinocultura paulista
000149198 246__ $$aWater resources legislation and swine manure treatment in São Paulo
000149198 260__ $$c2006
000149198 269__ $$a2006
000149198 270__ $$mdbbartho@esalq.usp.br$$pBartholomeu,   Daniela Bacchi
000149198 300__ $$a20
000149198 336__ $$aConference Paper/ Presentation
000149198 520__ $$aO Estado de São Paulo vem apresentando grande evolução na produção nacional de
suínos, passando de uma participação de 3,5% do total produzido no Brasil em 2004 para
mais de 7% em 2005, segundo a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora
de carne Suína (Abipecs). A grande maioria da produção do estado de São Paulo é destinada
ao abastecimento do mercado consumidor interno, significativo na região Sudeste. Além
disso, diante da concentração das indústrias exportadoras na região Sul do país, a participação
de São Paulo nas exportações brasileiras é relativamente inexpressiva.
Predomina, no estado, o sistema de produção independente, no qual o produtor se
responsabiliza por todos os ciclos de produção do suíno, desde a compra dos insumos
(medicamentos e rações) até a manutenção do controle sanitário da granja.
A atividade suinícola, entretanto vem sendo considerada pelos órgãos ambientais
como potencialmente causadora de degradação ambiental. O desenvolvimento da suinocultura
nas últimas décadas trouxe a produção de grandes quantidades de dejetos, que pela falta de
tratamento adequado, transformaram-se numa importante fonte poluidora dos mananciais de
água.
Neste contexto, o presente estudo faz parte de um trabalho mais amplo, no qual buscase
analisar as práticas dos suinocultores em relação ao tratamento dos dejetos e à questão dos
recursos hídricos no estado de São Paulo. De maneira semelhante à pesquisa realizada por
Assis (2004), na Bacia do rio Quilombo, em Santa Catarina, foram entrevistados dois
produtores independentes, localizados nas maiores regiões produtoras do estado. Os principais
2
resultados, encontrados até então, sugerem que o produtor desconhece as leis sobre a proteção
e gerenciamento dos recursos hídricos que afetam suas atividades. Independentemente deste
conhecimento, verifica-se que o produtor com certo nível de informação e conhecimento
sobre os usos alternativos dos dejetos, acaba adotando práticas que diminuem os impactos
negativos sobre o meio ambiente e, especificamente, sobre os recursos hídricos. Assim, os
dejetos são reaproveitados como compostos orgânicos, bem como para irrigação nas
pastagens da propriedade, não sendo lançados diretamente nos rios/lagos.
000149198 542__ $$fLicense granted by Adrienne Keiser (keise023@umn.edu) on 2013-05-17T17:19:34Z (GMT):

<center>  <h2> Deposit Agreement </h2> </center>
I represent that I am the creator of the digital material identified herein (&ldquo;Work&rdquo;).
I represent that the work is original and that I either own all rights of copyright 
or have the right to deposit the copy in a digital archive such as AgEcon Search. 
I represent that in regard to any non-original material included in the Work I have
secured written permission of the copyright owner (s) for this use or believe this 
use is allowed by law. I further represent that I have included all appropriate 
credits and attributions. I hereby grant the Regents of the University of Minnesota
(&ldquo;University&rdquo;), through AgEcon Search, a non-exclusive right to access, reproduce, 
and distribute the Work, in whole or in part, for the purposes of security, preservation,
and perpetual access. I grant the University a limited, non-exclusive right to make
derivative works for the purpose of migrating the Work to other media or formats in
order to preserve access to the Work. I do not transfer or intend to transfer any 
right of copyright or other intellectual property to the University. If the Deposit 
Agreement is executed by the Author�s Representative, the Representative shall separately
execute the following representation: I represent that I am authorized by the Author
to execute this Deposit Agreement on behalf of the Author.

000149198 650__ $$aLivestock Production/Industries
000149198 650__ $$aResource /Energy Economics and Policy
000149198 700__ $$aBartholomeu, Daniela Bacchi
000149198 700__ $$aBartholomeu, Marcelo Bacchi
000149198 700__ $$aCarvalho, Thiago Bernardino de
000149198 700__ $$aMiranda, Silvia Helena Galvao de
000149198 8564_ $$s158155$$uhttp://ageconsearch.umn.edu/record/149198/files/1043.pdf
000149198 887__ $$ahttp://purl.umn.edu/149198
000149198 909CO $$ooai:ageconsearch.umn.edu:149198$$pGLOBAL_SET
000149198 912__ $$nSubmitted by Adrienne Keiser (keise023@umn.edu) on 2013-05-17T17:23:37Z
No. of bitstreams: 1
1043.pdf: 158155 bytes, checksum: 5c2cdc139b68985923d8c8946830e1e8 (MD5)
000149198 912__ $$nMade available in DSpace on 2013-05-17T17:23:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1
1043.pdf: 158155 bytes, checksum: 5c2cdc139b68985923d8c8946830e1e8 (MD5)
  Previous issue date: 2006
000149198 982__ $$gSociedade Brasileira de Economia, Administracao e Sociologia Rural (SOBER)>44th Congress, July 23-27, 2006, Fortaleza, Ceará, Brazil
000149198 980__ $$a1347