Conflitos Socioambientais e Acao Coletiva. Algumas Reflexoes Sobre Areas de Protecao Ambiental (APAS)

Nas últimas duas décadas muita coisa tem mudado em relação as discussões sobre a questão ambiental . O que era no início uma discussão que mobilizava apenas alguns poucos técnicos se tornou uma problemática transversal a diversos setores da sociedade. A despeito das diversidade de ideologias que podem ser abarcadas pelo termo “desenvolvimento sustentável”, seu surgimento foi um marco no início das discussões sobre a interrelação entre questões ambientais e sociais. A conservação da natureza passa a ser reconhecida como uma questão muito mais política que técnica. Assim, toma força dentro do campo de estudos ambientais a discussão sobre como gerir esses novos conflitos sociais: os conflitos que tem a natureza como suporte. O objetivo deste artigo é apresentar duas possíveis abordagens para pensar esse tema: a da nova economia institucional e a de campos sociais de Bourdieu, indicando algumas possíveis vantagens e desvantagens de cada uma para iluminar a dinâmica de conflitos em unidades de conservação de uso sustentável, bem como as possibilidades para sua gestão em Conselhos Gestores.


Variant title:
Environmental conflicts AND CLASS ACTION. SOME REFLECTIONS ON AREAS OF ENVIRONMENTAL PROTECTION (APAS)
Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/149098
Total Pages:
12




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)