ANÁLISE DOS FATORES CONDICIONANTES DA REESTRUTURAÇÃO AGRÍCOLA NO NO ESTADO DE MATO GROSSO

Este artigo analisa o processo de reestruturação agrícola no estado do Mato Grosso a partir do processo de desconcentração regional da renda ocorrido na economia brasileira nos anos 70, com a marcha dos sulistas ao cerrado mato-grossense, o reordenamento espacial produtivo no Estado e as mudanças no fluxo migratório decorrido da utilização dos cerrados. Além disso, discorre acerca dos fatores indutores da modernização agrícola a partir da década de 90. A economia agrícola do estado de Mato Grosso sofreu importantes transformações com os programas de interiorização da economia brasileira. O artigo registra o papel destes programas para o processo de ocupação e modernização da agricultura no Estado, bem como das instituições de pesquisa no Estado no desenvolvimento de cultivares para os solos do cerrado. Os preços internacionais e o câmbio, junto com os créditos agrícolas, controlados e não controlados, completam os fatores condicionantes do processo de modernização agrícola da última década, acelerado pelo processo de maior integração da economia. A abertura da economia trouxe além do acesso à tecnologia, a possibilidade de financiamento com recursos oriundos de instituições internacionais, a atração de novos atores da cadeia agrícola – multinacionais – e o desenvolvimento da biotecnologia a partir das especificidades da região por instituições internacionais.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
Record Identifier:
http://ageconsearch.umn.edu/record/149078
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/149078
Total Pages:
19




 Record created 2017-04-01, last modified 2018-01-22

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)