ABERTURA DIRETA DO CAPITAL DAS COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS PELA EMISSÃO DE TÍTULOS DE DÍVIDA

A presente pesquisa teve como objetivo verificar se a abertura direta do capital das cooperativas agropecuárias, pela emissão de títulos de dívida (debêntures), possui viabilidade econômica. Para tanto, faz uma revisão crítica da literatura, expondo os problemas de capitalização e financiamento das cooperativas agropecuárias e a emissão das debêntures como uma opção às restrições de crédito. Quanto à metodologia, a pesquisa utilizou a tipologia do estudo de caso, tendo como objeto de estudo, uma cooperativa agropecuária localizada no estado do Paraná. Pelos resultados apurados, verificou-se que a abertura direta do capital pela emissão das debêntures não pode ser realizada por toda e qualquer cooperativa. É necessário que estudos preliminares identifiquem seu equilíbrio econômico-financeiro, sua capacidade de pagamento e a transparência de sua gestão (governança corporativa cooperativa). Se os pré-requisitos forem atendidos, a cooperativa agropecuária poderá auferir as vantagens da emissão, dentre as quais se destacam: o planejamento sob medida para atender determinado projeto de investimento, o alongamento da dívida e custos menores de captação, a depender da taxa básica de juros da economia brasileira.


Issue Date:
2013-04-24T21:28:45Z
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/148166
Total Pages:
18




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)