A LOGÍSTICA COMO GARANTIA DE ALIMENTOS MAIS BARATOS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A MOVIMENTAÇÃO DE ARROZ

O tema da fome ganhou amplo destaque político nos últimos anos, tendo estado presente em diversos debates sobre o desenvolvimento nacional e mundial. No Brasil, estudos foram efetuados sobre o tema visando identificar os seus fatores determinantes. Estes estudos comprovam que o problema da fome no Brasil está relacionado à impossibilidade demanda e não a falta de oferta de alimentos. Desta forma, este artigo buscou investigar, por meio de um modelo de programação linear aplicado na movimentação do arroz, como o estudo logístico pode propiciar melhoria de bem-estar para a população de baixa renda, uma vez que ajuda a observar alternativas que reduzem o custo de transporte. O pressuposto utilizando neste estudo é de que reduções no custo de comercialização são transferidas aos preços pagos pelos consumidores. O estudo de caso envolveu os municípios gaúchos de Itaqui, Cachoeira do Sul, Camaquã, São Sepé, Pelotas e Guaíba como ofertantes de arroz e como demandantes os municípios de Salvador, Maceió, Recife, Fortaleza e Manaus. A escolha dos municípios estudados decorreu da disponibilidade de informações e do fato do estado do Rio Grande do Sul ser o mais importante produtor nacional de arroz. O estudo apontou que, ceteris paribus, a cabotagem é capaz de reduzir, consideravelmente, o custo de transporte do arroz do Sul do país para as cidades selecionadas do Norte e Nordeste. A utilização da cabotagem diminuiu em aproximadamente 40% o custo de transporte. Desta forma, levando-se em consideração o preço praticado nas regiões demandantes, seria possível, com o uso da cabotagem, diminuir o preço do arroz para a população demandante em aproximadamente 10%.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/147882
Total Pages:
13




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)