CUSTOS AMBIENTAIS DA PRODUÇÃO DA SOJA EM ÁREAS DE EXPANSÃO RECENTE NOS CERRADOS BRASILEIROS – O CASO DE PEDRO AFONSO - TO

Na década de 90, com o aumento do preço da soja no mercado internacional e a ocupação de áreas produtoras tradicionais, outras glebas nos Cerrados foram intensivamente incorporadas para a produção de soja, com destaque para Luís Eduardo Magalhães – BA, Balsas – MA e Pedro Afonso – TO. Essa expansão pode significar a ampliação de impactos ambientais nos solos, nos recursos hídricos, na biodiversidade e nas condições de equilíbrio ecológico dos Cerrados. O estudo valora economicamente, através do Método Custo-Reposição (MCR), os impactos ambientais de tecnologias de plantio de soja em região de expansão recente nos Cerrados, tendo como estudo de caso o município de Pedro Afonso - TO. Na região específica do estudo os custos ambientais anuais da produção da soja foram estimados em R$ 82.726,84. Porém, a adoção progressiva de mais produtores ao plantio direto pode reduzir este valor para R$ 22.476,17 ao ano.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/147384
Total Pages:
15




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)