EXPORTAÇÕES AGRÍCOLAS BRASILEIRAS: O PARADOXO DO SUCESSO

A liberalização comercial e desregulamentação dos mercados levaram a forte mudança na composição da pauta de exportação brasileira, com crescimento da participação da agricultura, setor em que tradicionalmente o país apresenta vantagens comparativas. Paradoxalmente, os superávits comerciais da agricultura vêm sendo apontados como problema, na medida que contribuem para a apreciação da moeda doméstica e conseqüente perda de competitividade do setor industrial. Este trabalho teve o objetivo de contribuir para esse debate, buscando estimar os fatores determinantes do valor das exportações agrícolas. Por meio da estimação de um modelo de correção de erro vetorial se chegou à conclusão que o crescimento econômico mundial pouco influenciou o desempenho das exportações agrícolas. A taxa de câmbio, que esteve apreciada por grande parte do período analisado, tampouco mostrou importância significativa. Pelo contrário o modelo sugere que as exportações agrícolas têm influência sobre as variações cambiais, resultado que reforça o argumento dos que consideram o sucesso comercial da agricultura uma das principais causas da desindustrialização brasileira.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/146623
Total Pages:
19




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)