DESEMPENHO AGROECONÔMICO DO CONSÓRCIO ALFACEBETERRABA SOB SISTEMA ORGÂNICO

Com o objetivo de avaliar o desempenho dos consórcios de olerícolas, cultivados em diferentes densidades populacionais, sob sistema orgânico de produção, foram instalados dois experimentos, no ano 2000, com o consórcio de alface com beterraba. O consorcio de alface com beterraba foi estudado em duas regiões com condições edafoclimáticas diferentes, na Região Médio Serrana e na Baixada Fluminense, ambas no estado do Rio de Janeiro. Para todos os experimentos o delineamento experimental foi de blocos ao acaso e os tratamentos constaram dos respectivos monocultivos e quatro diferentes densidades populacionais, de cada par de olerícola estudado, com quatro repetições. As culturas de alface com beterraba, em ambas as regiões, apresentaram o Índice de Eficiência de Área (IEA) superior a 1,0, para quase todos os tratamentos em consórcio, indicando a eficiência dos sistemas, pois possibilita um maior aproveitamento da área cultivada. Ao considerar a cultura da alface como principal do consórcio, constata-se que a cultura da beterraba poderá proporcionar um incremento substancial, na renda final do produtor, entretanto, ao considerar-se a cultura da beterraba como principal, a alface mostrou uma maior lucratividade no monocultivo, quando comparada com os tratamentos de consórcios.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/146383
Total Pages:
14




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)