ANÁLISE SOCIOECONÔMICA DO IRRIGANTE DA BACIA HIDROGRÁFICA METROPOLITANA, ESTADO DO CEARÁ

Objetiva-se identificar aspectos sociais, técnicos e econômicos do produtor irrigante do Município de Guaiúba, Estado do Ceará. Os dados utilizados são de natureza primária obtidos através da aplicação de questionários. Fazem-se as análises tabular e descritiva dos dados, para em seguida calcular indicadores de rentabilidade. Os irrigantes têm um baixo nível de escolaridade. A maioria dos agricultores (90,48%) se dedica a irrigação há mais de 6 anos. Com relação à condição legal da propriedade, quase três quartos dos produtores são proprietários e o restante não apresenta o título de posse da terra. Em sua maioria, o produtor é quem decide o que e quanto produzir sem seguir nenhum plano proposto ou orientação de técnicos da EMATERCE/Cooperativas. Predomina a utilização de sistemas de irrigação pouco poupadores de água tais como, aspersão convencional, sulco, inundação e pivô central. Para muitos produtores da amostra, as atividades geraram retornos positivos, enquanto que sete apresentaram-se com prejuízos. Contudo, dentre estes, quase todos adquiriram margens líquidas positivas, significando que a atividade está remunerando a mão-de-obra familiar, as depreciações e, até mesmo, parte do capital empatado.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/145661
Total Pages:
20
JEL Codes:
Analise socioeconomica; Irrigante; Ceara




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)