A importância da agricultura familiar no contexto do agronegócio café em Rondônia

Estudou-se os fatores condicionantes que interferem no processo de inserção dos pequenos agricultores no agronegócio café em Rondônia, partindo-se do pressuposto básico de que aspectos ligados ao modelo de produção utilizado por eles são os maiores limitantes para a sua consolidação. A revisão de literatura aborda as questões ligadas ao agronegócio café no Brasil e em Rondônia, ressaltando aspectos socioeconômicos, de produção e de comercialização. Utilizando o método do estudo de caso foram realizadas entrevistas com 122 produtores dos principais municípios produtores de café. Os resultados mostram que a atividade cafeeira no estado é explorada, predominantemente, por agricultores de base familiar, constituindo a base de sustentação econômica destes, e se caracteriza por apresentar baixos níveis tecnológicos que redundam em baixos preços e qualidade deficiente dos grãos, fazendo-se necessário estabelecer ações articuladas entre todos os atores envolvidos no negócio café (pesquisa, extensão, órgãos de financiamento, produtores, empresários etc.), visando garantir que o produto possa atingir os padrões de qualidade requeridos, de forma a ser competitivo tanto no mercado interno quanto externo.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/144711
Total Pages:
17




 Record created 2017-04-01, last modified 2018-01-22

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)