Analise do deficit de armazenagem de graos na regiao Sudeste

De acordo com recente levantamento realizado pela Confederação Nacional de Agricultura - CNA, o Produto Interno Bruto - PIB do agronegócio brasileiro atinge, atualmente, cerca de R$ 524 bilhões anuais, o equivalente a 31% do PIB nacional. Vale destacar, também, que este mesmo setor responde por 35% dos empregos, cerca de 42% das exportações nacionais, absorve grande parcela dos investimentos realizados no País, e ainda apresenta-se como importante fonte de divisas, sem contar a sua contribuição de grande relevância no processo de interiorização do desenvolvimento. Na realidade, houve uma alavancagem recente, ainda que considerada a histórica importância do setor: em menos de duas décadas, a produção agrícola brasileira registrou um crescimento recorde de 111%. A modernização, que iniciou no final da década de 1980, fez a produção passar de 58 milhões de toneladas para 122 milhões de toneladas em 2003. Esse acréscimo foi alcançado, basicamente, à custa do crescimento da produção média dos principais grãos cultivados no país (CONAB, 2005). Convém lembrar, ainda, que, nesse período, a área cultivada cresceu menos de 10% passando de 40 milhões de hectares, em 1985, para 43,7 milhões de hectares na safra de 2004/05 o que evidencia expressivo ganho de produtividade.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
Record Identifier:
http://ageconsearch.umn.edu/record/144692
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/144692
Total Pages:
14




 Record created 2017-04-01, last modified 2018-01-22

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)