EXPORTACOES DE MANGA DO POLO PETROLINA/JUAZEIRO: UMA ANALISE DO DESEMPENHO NO PERIODO DE 1990-2002.

bases irrigadas da região Nordeste. Com a crescente adoção de tecnologias a região transformouse no principal pólo frutícola exportador do Nordeste. O objetivo do trabalho foi analisar o desenvolvimento das exportações da manga no pólo, no período de 1990 a 2002. Fez-se também uma aplicação econométrica com a finalidade de explicar o comportamento das exportações brasileiras de manga, tendo como variáveis explicativas a taxa real de câmbio efetiva, a renda externa, preço internacional da manga e uma variável binária a fim de captar o impacto da adoção de tecnologia. Os dados foram coletados junto à Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) e ao Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE). No período de 1997 a 2002, o total de 183.320t de mangas exportadas pelo Brasil, 90% foram colhidas em pomares do pólo Juazeiro/Petrolina – o que demonstra a importância do mesmo. De acordo com os resultados da modelagem econométrica contatou-se que o valor das exportações brasileiras é afetado pelas variações conjuntas das variáveis usadas no modelo. Quanto ao desempenho da mangicultura brasileira, embora o Brasil tenha ainda um papel pequeno nas exportações mundiais, obteve um crescimento significativo (2.136%) no período de analise.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
Record Identifier:
http://ageconsearch.umn.edu/record/142542
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/142542
Total Pages:
21




 Record created 2017-04-01, last modified 2018-01-22

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)