AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS SOCIAIS DE TECNOLOGIAS AGROPECUÁRIAS: GERAÇÃO DE EMPREGOS

A Embrapa, como uma instituição de pesquisa, utiliza para medir a geração de impactos de uma tecnologia, metodologias que reflitam os impactos de seus produtos, como é o caso do método do excedente econômico, e os Ambitec’s (Sistema de Avaliação de Impacto de Inovações Tecnológicas Agropecuárias), que ajudam a levantar impactos econômicos, sociais e ambientais das tecnologias, aplicada em três etapas: 1) levantamento e coleta de dados, como alcance, delimitação e adotantes; 2) aplicação de questionários com geração de dados quantitativos e 3) análise e interpretação dos índices gerados. O objetivo desse trabalho é mostrar a importância da avaliação dos impactos das tecnologias sobre o emprego, com o intuito de valorizar este componente dos impactos sociais. Para operacionalizar a avaliação de impactos sociais sobre os empregos gerados pela adoção de tecnologias, definiu-se a necessidade de medir o número de empregos adicionais, em toda a cadeia produtiva, resultantes da adoção de uma dada tecnologia, comparativamente à situação dos empregos na tecnologia anterior, e agora substituída pela tecnologia Embrapa. A estimativa do número de empregos gerados pelas tecnologias é importante sob dois aspectos. Primeiro, permite que a equipe de avaliação de impactos conheça todo o potencial de geração de emprego da tecnologia, verificando qual elo da cadeia produtiva poderá ser mais impactado. Em segundo lugar, destaca-se a questão da visibilidade, pois as estimativas de empregos gerados por tecnologias, são divulgadas no Balanço Social da Embrapa, evidenciando pesquisadores, equipe de avaliação de impactos, e a própria Embrapa. Assim, a avaliação dos impactos sobre o emprego, a partir do desenvolvimento de tecnologias constitui uma necessidade e representa um avanço no entendimento dos resultados oriundos dos avanços tecnológicos, além de uma constatação de que a geração de empregos no campo afeta não só o espaço local mas também toda uma cadeia produtiva relacionada ao campo.------------------------ The Embrapa, as a research institution, uses to measure the generation of impacts of a technology, methodologies that reflect the impacts of its products, as it is the case of the method of the economic excess, and the Ambitec's (System of Evaluation of Impact of Farming Technological Innovations), that they help to raise it economic impacts, social and ambient of the technologies, applied in three stages: 1) survey and collects of data, as reach, delimitation and adoptive; 2) application of questionnaires with generation of ______________________________________________________________________ Rio Branco – Acre, 20 a 23 de julho de 2008 Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural quantitative data and 3) analysis and interpretation of the generated indicate. The objective of this work is to show the importance of the evaluation of the impacts of the technologies on the job, with intention to value this component of the social impacts. To give functioning the evaluation of social impacts on the jobs generated for the adoption of technologies, it was defined necessity to measure the number of jobs adds, in all the productive chain, resultant of the adoption of one given technology, comparativily to the situation of the jobs in the previous technology, and now substituted for the Embrapa technology. The estimate of the number of jobs generated for the technologies is important under two aspects. First, it allows that the team of evaluation of impacts all knows the potential of generation of job of the technology, verifying which link of the productive chain could more be to suffer to greater impact. In according to place, it is distinguished question of the visibility, therefore the estimates of jobs generated for technologies, is divulged in the Social Balance of the Embrapa, evidencing researchers, team of evaluation of impacts, and the proper Embrapa. Thus, the evaluation of the impacts on the job, from the development of technologies constitutes a necessity and represents an advance in the agreement of the deriving results of the technological advances, beyond a verification of that the generation of jobs in the field not only affects the local space but also all a related productive chain to the field.


Issue Date:
2008
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/133298
Total Pages:
13




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)