MODELO DE INVESTIGAÇÃO DAS REDES DE SEGURANÇA ALIMENTAR BASEADAS NA AGROINDUSTRIALIZAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR EM ASSENTAMENTOS RURAIS

Os caminhos deste trabalho estão articulados ao percurso de análise dos Projetos Agroindustriais Familiares nos contextos regional e/ou local sendo que o objeto de nossa reflexão reporta-se a uma temática de investigação bastante recente na literatura especializada no Brasil, qual seja a da valorização dos espaços locais e da capacidade de ação dos agentes aí presentes nos processos de geração de alternativas para o desenvolvimento econômico, social e ambiental. Em nossa hipótese, estas iniciativas constituem redes de segurança alimentar tratada da maneira ampla e são apontadas como uma das alternativas para a reversão das conseqüências sociais, econômicas e ambientais desfavoráveis do meio rural. Impulsiona a geração, direta e indireta, de novos postos de trabalho e de renda aos agricultores familiares, promove a sua (re) inclusão social e econômica dentro deste modelo econômico atual e viabiliza a inserção desses agricultores na dimensão ambiental, priorizando a agroecologia e implementando mecanismos de gestão ambiental para a produção primária e secundária. O objetivo principal do trabalho não é de apresentar um estudo de caso e sim uma proposta metodológica para investigação das aplicabilidades, eficácias, entraves e aperfeiçoamentos das agroindústrias familiares que estão formando redes de relacionamento em assentamentos rurais. Até o momento, essas políticas não contam com um modelo concreto de avaliação e aperfeiçoamento. Essa carência está acontecendo em todos os estados. Organismos responsáveis por tais políticas públicas, como o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e o ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) do Governo Federal, as secretarias de governos estaduais (como a do governo do estado de São Paulo) e as próprias prefeituras municipais não apontam para a emergência deste tipo de metodologia e, conseqüentemente, de diagnóstico. Assim, este artigo constitui o primeiro esforço de reunir indicadores de avaliações das eficácias dessa política pública.--------------------------------------------The ways of this essay are dealt along the analisys of the Family Agroindustrial Project in regional and/or local context. In this regard the object of our reflexion reports to a thematic of investigation rather recent in specialized literature in Brazil, focusing the valorization of local spaces and the capacity of action of their agents in the process of alternative generation for social economical environmental development. In our hypothesis, these initiatives are not only parts of alimentary security webs but also alleged to be one of the alternatives to a reversion of the unfavorable social economical environmental consequences of the rural mean. It impels the direct and indirect generation of new jobs and wealth to small farmers, promoting social and economical inclusion inside of the current economical model as well as it enables the insertion of these planters into environmental dimension, giving priority to the agroecology and implementing mechanisms of environmental management to primary and secundary production. The main objective of this essay is not presenting a study of case but presenting a methodological porposal for investigation of aplicabilities, effectiveness, obstacles and improvements to family agroindustries that are forming relationship webs in rural settlements. Up to the moment, these policies do not count with a concrete model of evaluation and improvement. This gap is happening in all states. Responsible agencies for such public policies like The Social Development Ministry (SDM) and the Agrary Development Ministry (ADM) of the Federal Government, secretaries of state governs (such as the govern of Sao Paulo state) and the municipal administrative cabinets themselves are not aware of the emergency of this kind of metodology, thus, diagnostic. In this way, this paper is the first effort intending to get together indicators of the evaluation of efficiency public politic.


Variant title:
Investigation Model of Webs of Alimentary Security Based in Agroindustrialization of Family Agriculture in Rural Settlements.
Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/113962
Total Pages:
21




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)