PERSPECTIVAS DA AGROENERGIA NO BRASIL

Este texto tem por objetivo fazer uma revisão do estágio atual da produção mundial de biocombustíveis, das políticas adotadas nos vários países e das perspectivas de inserção do Brasil neste processo como produtor e exportador de biocombustíveis, conciliando isto com o desenvolvimento econômico e social e com o respeito ao meio-ambiente. Os autores destacam a necessidade de conciliação das ações da iniciativa privada com a adoção de políticas publicas, visto que apenas o “mercado” ainda não é capaz de gerar os incentivos necessários para a conciliação entre a busca de negócios lucrativos e sustentabilidade econômica e social. A metodologia de pesquisa usada foi de revisão bibliográfica e pesquisa de dados estatísticos em publicações especializadas, relatórios de pesquisa e artigos acadêmicos. O texto conclui que o Brasil tem vantagens competitivas na produção de etanol e está se consolidando como um grande exportador. Mas as perspectivas de crescimento com base no mercado interno são mais seguras e duradouras. No caso do Biodiesel, a competitividade é comprometida pelo estágio inicial da produção, sendo que outros países já estão mais avançados. Assim, o Brasil deve se preocupar em ocupar a oportunidade de exportar que existe hoje,mas não pode descuidar de assuntos que podem comprometer a nossa situação no futuro, como a evolução tecnológica e as questões ambientais.------------------------------------------------This text has the objective to make a revision of the actual stage of the world-wide production of biofuels, of the politics adopted in some countries and of the perspectives for brazilian insertion as producer and exporter of biofuels, conciliating this with the economic and social development and the respect to the environment. The authors emphasized the necessity of conciliation with private actions and initiatives and the adoption of public policies, because only the “market” is not capable to generate the necessary incentives for the conciliation between the business-oriented lucrative activities and economic and social support. The research methodology used was bibliographical revision and research of statistical data in specialized publications, academic reports of research and articles. The text concludes that Brazil has competitive advantages in the production of etanol and is if consolidating as a great exporter. But the growth perspectives on the basis of the domestic market are safer and lasting. In the case of the Biodiesel, the competitiveness is affected by the initial status of the production, being that other countries already are more advanced. Thus, Brazil must be worried in occupying the chance to export that it exists today, but cannot neglect of subjects that can compromise our situation in the future, as the technological evolution and the ambient questions.


Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
Record Identifier:
http://ageconsearch.umn.edu/record/112702
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/112702
Total Pages:
20




 Record created 2017-04-01, last modified 2018-01-22

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)