PREVISÃO DE PRODUÇÃO DO ETANOL BRASILEIRO PARA EXPORTAÇÃO: UMA APLICAÇÃO DE VETORES AUTO-REGRESSIVOS (VAR)

No início do século XXI, notadamente os EUA e UE discutem e promovem o uso de políticas específicas de estímulo à substituição de combustíveis fósseis por fontes renováveis de origem de biomassa. No Brasil desde os anos 70 a produção do etanol representa uma alternativa ecológica geradora de emprego e renda. A produção de etanol brasileira, de baixo custo e alta produtividade, dadas as vantagens existentes junto aos recursos naturais e mão de obra, é destinada principalmente para o mercado norte americano e o mercado europeu. O objetivo geral deste estudo é obter a previsão de produção do etanol brasileiro para exportação entre 2007-2010 através de uma aplicação de Vetores Auto-Regressivos (VAR), a partir das variáveis captadas pelo modelo Mundell-Fleming, Produto Interno Bruto Agropecuário, taxa de juros, câmbio, preço e exportações do etanol. Os resultados apontam para uma tendência crescente de produção iniciada em 2006. A taxa de crescimento da produção prevista de etanol brasileiro para exportação entre 2007-2010 situa-se na ordem de 44,89%.----------------------------------------------Since the beginning of the 21st century, especially the USA and EU have been discussing and promoting the use of specific incentive politics to substitute fossil fuels for renewable sources of biomass origin. In Brazil since the seventies the production of ethanol has been representing an ecological alternative generating employment and income. The production of Brazilian ethanol, of low cost and high productivity, given the existent advantages combined with the natural resources and manual work, is destined mainly for the North American and the European market. The general objective of this study is to obtain the forecast of Brazilian ethanol production for export in the 2007-2010 period through an application of Vector Auto Regression Analysis (VAR), starting from the variables captured by the Mundell-Fleming model, the agricultural gross domestic product, interest rate, exchange, price and ethanol exports. The results appear to have a tendency of growth for the production initiated in 2006. The growth rate of the foreseen Brazilian ethanol production of Brazilian for the export from 2007 to 2010 is about 44.89%.


Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/112622
Total Pages:
20




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-11-28

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)