SEGURO RURAL NO BRASIL: EXPERIÊNCIAS E PROPOSIÇÕES PARA UM MODELO INTEGRADO DE GESTÃO DO RISCO AGRÍCOLA (MIGRA)

O seguro rural apresenta-se com um instrumento para o desenvolvimento do setor agrícola, protegendo o produtor rural dos efeitos adversos de eventos ambientais e do mercado tornando-se indispensável à estabilidade da renda, à geração de emprego e ao desenvolvimento tecnológico. Nesse sentido, sugere-se a consideração de um conjunto de indicadores que podem influir positivamente no processo de mitigação dos riscos inerentes ao seguro rural agrícola. Dessa forma, propõe-se o desenvolvimento de um Modelo Integrado de Gestão do Risco Agrícola para o Brasil (MIGRA) para o Brasil, um país que, além da heterogeneidade setorial, tem sua economia fortemente calcada no setor agrícola, o qual também é bastante heterogêneo quanto à produção e a renda agrícola. Esse modelo deve enfatizar a mitigação do risco no setor com base em um sistema de informação disponível para todos os segmentos do setor agrícola. A ênfase do MIGRA deve ser na redução da informação imperfeita e da assimetria de informação. Ainda, o MIGRA deverá considerar a diversidade dos sistemas de produção existentes no território nacional, notadamente quanto ao tamanho (pequeno e grande produtor segundo o capital) e o modo de exploração (agricultura patronal, empresarial ou não, e agricultura familiar).----------------------------------------------Highly instrumental in the development of the agricultural sector insofar as it protects farmers from adverse weather and market conditions, agricultural insurance also plays a crucial role not only in income and employment generation, but also in technological advancements. In this way, suggests the consideration of a group of indicators to agro-insurance. Thus this work proposes the development of an Integrated Agricultural Risk Management Model for Brazil (MIGRA), a country which, in addition to its sectorial heterogeneity, has its economy strongly based on an also heterogeneous the agricultural sector, concerning production types and agricultural income levels. Such model should emphasize risk mitigation in the sector through an information system available to all segments of the agricultural sector. The major focus of the MIGRA must be on the reduction of imperfect information and information asymmetry. Also, the MIGRA shall take into consideration the diversity of production systems extant in the national territory, notably with regards to the size (small and large producers according to capital intensity) and means of exploration (employer agriculture, entrepreneurial or not, and family agriculture).


Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/109444
Total Pages:
22




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)