IMPORTÂNCIA DA LIBERALIZAÇÃO DOS MERCADOS AGRÍCOLAS MUNDIAIS PARA A ECONOMIA BRASILEIRA

O protecionismo no mercado agrícola mundial foi assunto deixado à margem das negociações multilaterais de comércio até a Rodada Uruguai. Ademais, mesmo com sua inclusão nessa rodada de negociações os resultados foram aquém do esperado. Assim, a discussão sobre o fechamento de um acordo agrícola se transformou em tema importante nos fóruns de negociações multilaterais da OMC. O objetivo deste trabalho é estimar e comparar o grau de importância dos setores agroindústrias na geração de crescimento econômico no Brasil e nos EUA. Para isso, usaram-se as matrizes de insumo-produto de Brasil e EUA, através das quais foram estimados os índices de Rasmussen-Hirschman e os índices puros de ligação. Os resultados mostram que setores da agricultura, pecuária e agronegócio são importantes para a geração do crescimento econômico, tanto no Brasil como nos EUA. Constatou-se ainda, que esses setores têm maior capacidade de geração de crescimento na economia brasileira do que na norte-americana. Portanto, embora os setores agroindustriais sejam importantes para países desenvolvidos como os EUA sua importância é magnificada em países em desenvolvimento como o Brasil, permitindo inferir que o maior acesso aos mercados agrícolas mundiais poderia estimular a expansão desses setores na economia brasileira e, por conseguinte estimular o crescimento econômico.


Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/108616
Total Pages:
20




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)