A Qualidade das Condições de Trabalho dos Empregados Rurais na Região Sul (2002 e 2005)

Neste artigo, analisa-se a qualidade do emprego agrícola e não-agrícola na região Sul nos anos recentes de 2002 e 2005. Utilizando os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) para os residentes nas áreas rurais não-metropolitanas, foram definidos dois grupos de ocupações agrícolas (trabalhadores permanentes e trabalhadores temporários) e 5 grupos de não-agrícolas (trabalhadores da indústria e indústria de transformação, construção civil, comércio, alojamento e transporte, educação e saúde, trabalhadores dos serviços domésticos). Independente das diferentes ponderações do IQE, os resultados indicaram um quadro mais favorável para os grupos de ocupações não agrícolas dos residentes rurais, para a maioria dos grupos de ocupações selecionadas.-------------------------------In this paper, the quality of the agricultural and non agricultural job is analyzed in the South region in the period 2002-2004. The study was based on the micro-data extracted from the research entitled “Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD)” for the residents in the rural non metropolitan area. There were defined two groups of agricultural occupations (permanent workers and temporary workers) and five groups of non agricultural ones (manufacturing workers, building and construction, trade, lodging and transport, education and health, and domestic services). Independently from the different IQE compositions tested, concerning rural residents the results indicated a more favorable situation for non agricultural group of occupations, for most of the groups of selected occupations.


Subject(s):
Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/108519
Total Pages:
20




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)