IMPACTOS DA RECOMPOSIÇÃO DA RESERVA LEGAL NAS UNIDADES HIDROGRÁFICAS, NAS UNIDADES DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HÍDRICOS E NOS VÁRIOS PERFIS DE MUNICÍPIOS PAULISTAS SEGUNDO A ATIVIDADE AGROPECUÁRIA PRINCIPAL.

O trabalho mostra que os impactos da recomposição da reserva legal não se distribuem de forma uniforme no território paulista, nem da ótica das unidades hidrográficas cada qual com características físicas peculiares. Também entre municípios há diferenças expressivas, dada a especialização regional que conduz a estruturas de produção agropecuária diferenciadas. Assim, não há como aplicar essa medida enquanto pressuposto genérico que ignora as diferenças geográficas e da produção agropecuária.---------------------------This article shows that the impact of the individual farms’ environmental reserve restoration act in São Paulo State is not distributed uniformly in the State territory, neither in the hydrographic unites each one whit its own peculiar physical characteristics. Also among municipalities there are expressive differences, given the regional specialization, which conduct it to differentiated production structures. Therefore, there is no reasonableness to justify the act as a measure, which generic presupposition ignores the geographical and agricultural production differences.


Subject(s):
Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/108093
Total Pages:
14




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)