APLICAÇÃO DA LEI DE VERDOORN LOCAL PARA A FRUTICULTURA: UMA ANÁLISE DO PERÍODO DE 1990 A 2004

De modo geral, assume-se, com freqüência, que na agricultura operam-se retornos constantes de escala. É interessante verificar essa hipótese para o caso da fruticultura, um setor dinâmico, ou seja, com elasticidade-preço da demanda maior do que um. Para ver isso, adotou-se uma abordagem da lei de Verdoorn, estimando-a pelo método das regressões ponderadas geograficamente (RPG). Os resultados mostraram que o melhor modelo para a agricultura no período de 1990 a 2004 foi o modelo de defasagem espacial local. O termo da defasagem espacial no modelo fornece evidências em favor da hipótese da existência de um efeito de transbordamento da pesquisa agrícola no Brasil. Houve, ainda, evidências de ocorrência de retornos crescentes de escala para a fruticultura tanto globalmente quanto localmente. Além disso, a evidência de ocorrência local de retornos crescentes foi revelada para todas as microrregiões. In general terms, one assumes often the agricultural sector has constant returns to scale. It is noteworthy to verify this hypothesis for the case of fruit culture, a dynamic sector, that is, with demand price elasticity larger than one. To do so, a Verdoorn’s law approach is adopted and estimated by geographically weighted regressions (GWR). The findings showed the best model for the agriculture over the period 1990-2004 was the local spatial lag model. The spatial lag provides evidence in favor of the hypothesis of existence of a spillover effect of agricultural research in Brazil. There was yet evidence of exsitence of increasing returns to scale for fruit culture both globally and locally. Furthermore, the evidence of local existence of increasing returns to scale was revealed across all microregions.


Issue Date:
2008-06
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/102480
Total Pages:
21




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)