AgEcon Search

AgEcon Search >
       Organizações Rurais e Agroindustriais/Rural and Agro-Industrial Organizations >
          Volume 14, Number 2, May/August 2012 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://purl.umn.edu/134420

Title: FRONTEIRA DE PRODUÇÃO E EFICIÊNCIA ECONÔMICA DA CAFEICULTURAMINEIRA
Other Titles: Frontier production and economic efficiency of coffee of Minas Gerais
Authors: Lima, Andre Luis Ribeiro
Reis, Ricardo Pereira
Alves, Ricardo Cesar
Authors (Email): Lima, André Luis Ribeiro (andreluisnep@yahoo.com.br)
Reis, Ricardo Pereira (ricpreis@dae.ufla.br)
Alves, Ricardo César (rialves@pucminas.br)
Keywords: Cafeicultura
Eficiências Econômicas
Análise Envoltória de Dados (DEA)
Fronteira Estocástica.
Issue Date: 2012-05-25
Abstract: O presente trabalho pesquisou os níveis de eficiência econômica dos recursos produtivos da cafeicultura mineira, identificando variações na geração de resultados apurados por meio das metodologias paramétrica e não-paramétrica. Os dados utilizados foram: a) inventário de terra, benfeitorias, máquinas, equipamentos, veículos, valor de implantação das lavouras de café e demais itens da infraestrutura das propriedades; b) índices técnicos como produção e produtividade; c) levantamento dos componentes de custos fixos e variáveis: despesas com insumos e serviços. Os dados são referentes aos anos agrícolas 2007/2008 e 2008/2009, que foram ajustados para a safra 2008/2009 por indicadores de preços agrícolas e pelo IGP-DI da FGV. Para a análise da gestão dos recursos produtivos, os indicadores de interesse são as eficiências técnica, alocativa e econômica. Como modelo analítico, utilizou-se a Análise Envoltória de Dados (DEA) – que consiste em encontrar a melhor empresa virtual a partir de um conjunto de empresas de uma amostra – e a Fronteira Estocástica – que consiste na estimação de funções matemáticas, de acordo com a realidade da série de dados, impondo uma forma funcional para explicar os níveis de eficiência das empresas. Como resultado, pode-se afirmar que as metodologias DEA e Fronteira Estocástica não apontaram resultados diferentes ao separar os produtores de café por suas eficiências econômicas.
URI: http://purl.umn.edu/134420
Institution/Association: Organizações Rurais e Agroindustriais/Rural and Agro-Industrial Organizations>Volume 14, Number 2, May/August 2012
Total Pages: 18
From Page: 268
To Page: 285
Collections:Volume 14, Number 2, May/August 2012

Files in This Item:

File Description SizeFormat
9_-_Artigo_00.418[1].pdf273KbPDFView/Open
Recommend this item

All items in AgEcon Search are protected by copyright.

 

 

Brought to you by the University of Minnesota Department of Applied Economics and the University of Minnesota Libraries with cooperation from the Agricultural and Applied Economics Association.

All papers are in Acrobat (.pdf) format. Get Adobe Reader

Contact Us

Powered by: