AgEcon Search

AgEcon Search >
       Organizações Rurais e Agroindustriais/Rural and Agro-Industrial Organizations >
          Volume 14, Number 2, May/August 2012 >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://purl.umn.edu/134417

Title: FATORES DETERMINANTES DA COMPETITIVIDADE DOS PRINCIPAIS PAÍSES EXPORTADORES DO COMPLEXO SOJA NO MERCADO INTERNACIONAL
Other Titles: Determinants of competitiveness of major exporting countries of soybean complex in the international market
Authors: Sampaio, Luciano Menezes Bezerra
Sampaio, Yony
Bertrand, Jean-Pierre
Authors (Email): Sampaio, Luciano Menezes Bezerra (lucianombsampaio@gmail.com)
Sampaio, Yony (sampyony@yahoo.com.br)
Bertrand, Jean-Pierre (jeanpierre.bertrand41@sfr.fr)
Keywords: soja
mercado internacional
exportadores
fatores competitivos.
Issue Date: 2012-12-21
Abstract: Na década de 2000, o Brasil passou a figurar como primeiro ou segundo maior exportador mundial, em valor, de soja e derivados, ao lado dos Estados Unidos e da Argentina. As exportações do complexo soja representam a principal fonte de divisas do país: cerca de 30% das exportações agrícolas, equivalente a 10% do valor total de suas exportações. Quais as perspectivas de expansão do mercado mundial, com aumento da participação do Leste Asiático, e as possibilidades de atendimento desse mercado pelo Brasil, Argentina e Estados Unidos? O objetivo deste trabalho é descrever os fatores determinantes da competitividade global dos exportadores de soja e derivados (Brasil, Argentina e EUA) e analisar os efeitos de mudanças recentes e futuras sobre estes fatores. O método consiste na comparação dos fatores de competitividade destes países. Para avaliar a competitividade brasileira frente a de seus principais concorrentes, foram levantados os fatores que compõem a competitividade global ou sistêmica, a partir de dados de produção, exportação e custos para Brasil, Argentina e Estados Unidos. Os resultados indicam que os custos de produção colocam Brasil e Argentina em vantagem comparativa frente aos EUA, apesar da infraestrutura reduzir a competitividade brasileira. Para o Brasil, concluiu-se que a expansão do mercado é promissora, dadas suas possibilidades de expansão da produção, dos custos competitivos e possibilidades de melhora da infraestrutura.
URI: http://purl.umn.edu/134417
Institution/Association: Organizações Rurais e Agroindustriais/Rural and Agro-Industrial Organizations>Volume 14, Number 2, May/August 2012
Total Pages: 16
From Page: 227
To Page: 242
Collections:Volume 14, Number 2, May/August 2012

Files in This Item:

File Description SizeFormat
6_-_Artigo_08.429[1].pdf230KbPDFView/Open
Recommend this item

All items in AgEcon Search are protected by copyright.

 

 

Brought to you by the University of Minnesota Department of Applied Economics and the University of Minnesota Libraries with cooperation from the Agricultural and Applied Economics Association.

All papers are in Acrobat (.pdf) format. Get Adobe Reader

Contact Us

Powered by: